Existem várias doenças e condições que podem causar demência, e os sintomas específicos que cada pessoa apresenta vão depender dos tipos de demência e, consequentemente, das regiões do cérebro que estão afetadas.

Os tipos de demência mais comuns são:

É a causa mais comum de demência,  constituindo cerca de 50% a 70% de todos os casos. Esta doença altera gradualmente os processos químicos e a estrutura do cérebro, o que conduz à morte das células cerebrais. Deste modo, conforme a Doença de Alzheimer vai afetando as várias áreas cerebrais, vão-se perdendo certas funções ou capacidades. O primeiro sinal, e o mais óbvio, costuma ser a perda de memória a curto prazo;

Este tipo de demência Frontotemporal é normalmente causada por uma lesão na parte frontal do cérebro, e é mais comum nesta demência (do que nos outros tipos) serem afetadas pessoas mais jovens. Os sinais mais óbvios são as alterações de personalidade e comportamento, incluindo comportamentos bizarros e agressividade, e alterações na comunicação.

Esta demência ocorre quando o cérebro não recebe o sangue e oxigénio que necessita. Sem oxigénio suficiente, as células cerebrais morrem e causam os sintomas da demência vascular. Isto pode ocorrer após um Acidente Vascular Cerebral (AVC) ou porque os pequenos vasos sanguíneos que fornecem oxigénio ao cérebro estão danificados. O doente pode ter sintomas abruptamente após um AVC ou ao longo de mais tempo (após uma série de pequenos AVCs);

A Doença de Parkinson é uma condição neurológica degenerativa e progressiva, que ocorre quando as células nervosas (neurónios) de uma zona do cérebro denominada por substância nigra ficam comprometidas ou morrem. Estas células produzem uma substância química denominada por dopamina, que facilita a coordenação dos músculos corporais e do movimento. A Doença de Parkinson tem 3 sintomas principais: Tremores, Rigidez muscular e Movimentos mais lentos.

Este tipo de demência tem este nome graças a pequenas estruturas anormais, chamadas de Corpos de Lewy, que se desenvolvem no interior das células nervosas do cérebro. Os Corpos de Lewy causam lesão no tecido cerebral e impedem o cérebro de funcionar corretamente. Os sintomas desta demência incluem confusão e alucinações (ver ou ouvir coisas que não estão mesmo presentes), bem como dificuldades no planeamento, raciocínio e resolução de problemas. A memória também pode estar afetada.

Trata-se de uma doença degenerativa do sistema nervoso central, causada pela perda de células numa parte do cérebro (gânglios da base). É uma alteração hereditária do cérebro que afeta pessoas de todas as populações, em todo mundo.

Os seus sintomas variam muito, mesmo dentro da própria família. Para alguns, os movimentos involuntários podem ser pronunciados mesmo nos estágios iniciais. Para outros, podem ser menos evidentes e os sinais emocionais e comportamentais serem mais óbvios. De um mogo geral, importa considerar: Sintomas emocionais/comportamentais (depressão, irritabilidade, ansiedade e apatia, comportamentos agressivos ou impulsivos, mudança de humor e isolamento social); Sintomas cognitivos/intelectuais (menor capacidade para organizar assuntos de rotina ou para lidar eficazmente com situações inesperadas), alterações de memória e da capacidade de concentração; contrações musculares, agitação excessiva, tiques faciais ou mudanças na caligrafia.

A Demência Alcoólica é, como o próprio nome sugere, uma forma de Demência provocada pelo consumo excessivo de álcool. A Síndrome de Korsakoff é caracterizada por distúrbios cognitivos, incluindo perda de memória de curto prazo e de desorientação espaçotemporal. Esta ocorre quando há défice de vitamina B1 (tiamina) e afeta principalmente pessoas que consumiram quantidades excessivas de álcool durante vários anos, e atinge mais frequentemente homens com idades entre 45 e 65 anos, embora possa afetar homens e mulheres de qualquer idade, podendo também afetar quem sofre de desnutrição severa.

Quais são os sinais inicias da Demência?

Os sinais iniciais de Demência por vezes são muito subtis e vagos, não sendo imediatamente óbvios. Estes são alguns dos sintomas mais comuns:

  • Perda de memória frequente e progressiva;
  • Confusão;
  • Alterações da personalidade;
  • Apatia e isolamento;
  • Perda de capacidades para a execução das tarefas diárias.
tipos
Voltar atrás